Sebrae Acesse o Portal Sebrae
Você está na ASN

Agência Sebrae de Notícias

ASN PB 21/07/22 às 14:18 Atualização 22/07/22 às 14:20
Compartilhe

Seminário discute Energia Renovável no Sertão da Paraíba 

Por Divulgação
ASN PB 21/07/22 às 14:18 Atualização 22/07/22 às 14:20
Compartilhe

Discutir a nova fronteira de oportunidades para o desenvolvimento sustentável da região do Sertão. Esse foi o tema do Seminário Energia Renovável, promovido nesta quinta-feira (21) pelo Sebrae/PB e Fecomércio, na cidade de Patos.

A programação aconteceu no auditório da agência regional do Sebrae/PB e teve destaque para apresentação de três painéis, que abordaram o desafio da energia renovável como geradora de novas oportunidades de negócios; a educação, inovação e a tecnologia impulsionando a competitividade das empresas e a empregabilidade na região; e por último, a importância da política de financiamento e investimento no apoio ao desenvolvimento dos negócios na região.

O presidente do Conselho Deliberativo Estadual (CDE) do Sebrae Paraíba, Marconi Medeiros, que também é presidente da Fecomércio no estado, participou do seminário e destacou a importância da discussão do tema para o desenvolvimento regional. “É um momento em que nós vemos o sertão paraibano, uma região que vai se tornar no mais breve possível em uma das regiões mais ricas de nosso estado. Isso porque ela já se tornou rica em geração de energia solar, em geração de energia eólica, e principalmente, com a chegada das águas do São Francisco, nós vamos ter as três coisas que se precisa para aumentar a produção, especialmente na agricultura e na pecuária. Também virão novas empresas e muitas lojas do comércio de bens e serviços, e os paraibanos que vivem aqui no sertão não podem perder essa grande oportunidade, de assumir a sua responsabilidade e empreender”, destacou.

Conforme o diretor técnico do Sebrae/PB, Luiz Alberto Amorim, o momento é de observar o impacto gerado pela energia renovável como uma oportunidade de expansão dos negócios.  “A energia renovável tem uma expansão muito grande, pois é um novo negócio que se instala na região e que pode se desdobrar em outros novos empreendimentos, tanto na cadeia de serviços como na cadeia alimentar também, porque ela começa a agregar o fator de renda. Se você analisar os municípios que estão aqui impactados pelas obras logo se vê que esses municípios mudaram. Então esse momento aqui é para refletir”, comentou.

De acordo com o general e superintendente da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), Araújo Lima, o tema apresentado pelo seminário colaborou de forma positiva para compreender o momento que a região do sertão paraibano vive. “Nesse evento aqui se teve uma perspectiva muito boa a respeito de uma área da infraestrutura, que vem revolucionando a matriz energética da região, e consequentemente atraindo novos investimentos e novos empregos”, disse.

O evento teve a participação do diretor técnico do Sebrae/PB, Luiz Alberto Amorim, e do presidente e dos membros do CDE da Instituição, Marconi Medeiros. Além dele, outros membros do conselho estiveram presentes e foram painelistas, sendo o presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq), Roberto Germano, o superintendente da Sudene, general Araújo Lima, o superintendente do Banco do Brasil, Paulo Marinho, o superintendente do Banco do Nordeste, José Nilton Castro Martins, e o secretário de Estado de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Rômulo Polari.

Também participaram do evento membros da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e da Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia da Paraíba. Gestores públicos e secretários de vários municípios da região também estavam presentes.

Painéis – Com o tema “Energia renovável, gerando novas oportunidades de negócios”, o primeiro painel contou com a participação de Riomar Merino Jorge, representante da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica), Edlailson Pimentel, da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica, e Rômulo Polari Filho, secretário de Estado de Turismo e Desenvolvimento Econômico da Paraíba.

O destaque do segundo painel foi “Educação, inovação e tecnologia impulsionando a competitividade das empresas e a empregabilidade na região”. O tema foi discutido pelo secretário de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia da Paraíba, Cláudio Furtado, o reitor da UFCG, Antônio Fernandes Filho, e o presidente da Faspeq, Roberto Germano.

Por sua vez, o terceiro painel abordou o tema “Política de financiamento e investimento no apoio ao desenvolvimento dos negócios na região”, sendo o debate realizado pelo superintendente da Sudene, general Carlos César de Araújo Lima, o superintendente do Banco do Nordeste, João Nilton Castro Martins, o superintendente do Banco do Brasil, Paulo Martinho e Marcelo Abrantes, da Câmara Brasileira de Comércio Exterior do Estado da Paraíba ((CBCEX-PB).

Sobre o Sebrae 50+50 – Em 2022, o Sebrae celebra 50 anos de existência, com atividades em torno do tema “Criar o futuro é fazer história”. Denominado Projeto Sebrae 50+50, a iniciativa enfatiza os três pilares de atuação da instituição: promover a cultura empreendedora, aprimorar a gestão empresarial e desenvolver um ambiente de negócios saudável e inovador para os pequenos negócios no Brasil. Passado, presente e futuro estão em foco, mostrando a evolução desde a fundação em 1972 até os dias de hoje, com um olhar também para os novos desafios que virão para o empreendedorismo no país.

Compartilhe
Ficou com alguma dúvida ou tem sugestões? Entre em contato pelo [email protected] ou fale com a ASN em cada UF

Notícias relacionadas